Emater renova convênio com Valparaíso

Convênio foi renovado durante reunião entre presidente da Emater e prefeita de Valparaíso



A Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) renovou parceria nesta quarta-feira, dia 4, com o município de Valparaíso, no Entorno do Distrito Federal. A prefeita Lucimar Conceição do Nascimento foi recebida pelo presidente da Emater, Pedro Arraes, que apresentou a Rede de Inovação Rural, que irá agregar novas formas de atuação das instituições públicas em prol da extensão rural.

De acordo com a prefeita, a agricultura familiar é predominante em Valparaíso, que não possui nenhuma propriedade rural de grande extensão. “Temos pouco mais de 200 produtores que, em pequenas chácaras, produzem principalmente peixes e hortaliças”, explicou.

A gestora destacou que a renovação do convênio com a Emater para atenção aos produtores da região tem sido fundamental para que a atividade rural se desenvolva no município. Ela informou que famílias rurais que até pouco tempo não produziam quase nada, já estão comercializando e fornecendo produtos, inclusive para a merenda escolar no município.

Além da assistência técnica
O presidente Pedro Arraes destacou que, conforme propõe a Rede de Inovação Rural, a assistência técnica deve ser acompanhada da orientação para a gestão eficiente da propriedade. “Nossa proposta é que, além da extensão rural, possamos oferecer outras ferramentas de administração, cooperação e atuação social que permita ao produtor a sua emancipação”, destacou.

O assessor especial da presidência da Emater, Joaquim Carvalho de Gomide, lembrou ainda a importância de levar ao produtor conhecimento sobre a configuração do mercado e a situação da economia. “O produtor precisa ter a compreensão de que o que acontece da porteira para fora é importante para ele. Não adianta produzir se não tiver mercado para consumir”, defendeu.

Além da renovação do convênio, Pedro Arraes propôs que a prefeita indique projetos prioritários para o desenvolvimento da agropecuária em Valparaíso, que possam integrar as primeiras atividades da Rede de Inovação Rural.