Padre Wayne esclarece inverdades ditas pelo Governo Municipal

Na última terça-feira (10), foi realizada uma Missa na sede da Secretaria Municipal de Saúde, em Valparaíso de Goiás, que abriu a Campanha do Novembro Azul – ação de combate ao câncer de próstata e diabetes

A Missa celebrada pelo Padre Wayne ganhou destaque nas redes sociais, no entanto, o nome da autoridade eclesiástica passou a ser usado de maneira inoportuna e meramente politiqueira na intenção de promover a prefeita Lucimar Nascimento e o Governo Municipal.

O Sacerdote procurou o Alô Valparaíso e mostrou-se muito chateado com algumas pessoas que fazem parte da atual gestão. E, atendendo ao seu pedido, publicamos esta nota de repúdio aos representantes que usaram o nome da Igreja Católica e também do Padre Wayne de forma eleitoreira.

“Olá Marcelo, boa noite. Sou Padre Wayne da Paróquia São Maximiliano Maria Kolbe. Venho solicitar a gentileza de publicar um fato que é extrema de importância da comunidade local e que atenta contra a integridade moral e ética da Igreja local. A saber, no dia 10.11.2015 presidi uma celebração, na Secretaria de Saúde, pelo início do Novembro Azul. Considerando a presença de autoridades políticas na celebração, utilizei de educação e gentileza no tratamento de tais personalidades, sendo, por conveniência de terceiros, vítima de manchetes tendenciosas e recheadas de malícia”, disse em mensagem enviada via Whatsapp.

Mensagem do Padre Wayne


Postagem do Sr. Clarindo Moura no Facebook:

PADRE WAYNE ABRAÇA E ELOGIA A PREFEITA LUCIMAR DURANTE A MISSA 

Hoje (10/11/15) durante a Missa na sede da secretaria de saúde, que abriu a Campanha do Novembro azul (Combate ao câncer de Próstatas e Diabetes) a prefeita LUCIMAR foi fortemente abraçada e elogiada pelo Padre Wayne, que durante seu discurso deu várias orientações para a prefeita e ainda se colocou a disposição para quando ela precisar. 

O evento organizado pelo secretário Walter Mattos, com a presença da Prefeita Lucimar Nascimento e participação de vários secretários e servidores da Saúde e Pacientes”.

FONTE: http://alovalparaiso.com/