Campinas retoma vacinação contra a gripe na segunda, dia 6, pela manhã

Campinas retoma a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe na próxima segunda-feira, dia 6 de abril, nos 66 centros de saúde de Campinas


A vacina estará disponível nas unidades no período da manhã, de acordo com o horário das salas e postos de vacina de cada um deles. Os locais e horários podem ser consultados no link: http://www.saude.campinas.sp.gov.br/saude/eventos/eventos_2020/campanha_influenza_2020/campanha-influenza-2020_horarios-e-locais-vacinacao-campinas-fase1.pdf.

Cerca de 54 mil doses constam do quarto lote de vacinas enviado pelo Estado. As vacinas estão sendo distribuídas para as unidades e na segunda-feira, todas já estarão com as doses disponíveis.

Desde o início da campanha, em 23 de abril, foram vacinados 106.280 pessoas maiores de 60 anos, 25.776 profissionais de saúde e 559 profissionais da força de salvamento. Em Campinas, há cerca de 146 mil idosos.

Etapas
A primeira etapa de vacinação tem como público-alvo os maiores de 60 anos, profissionais de saúde e da força de salvamento. Nesta fase, estão incluídos os cuidadores de idosos e também funcionários de instituições de longa permanência para o público da terceira idade.

A segunda etapa começará em 16 de abril e serão incluídos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, população privada de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas sócio-educativas, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários. A partir de 9 de maio também serão vacinados as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas, professores, além de adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência.

A meta é imunizar pelo menos 90% das pessoas de cada um dos grupos prioritários até 22 de maio, último dia da campanha.

Vacina protege contra Influenza
A vacina contra a gripe comum não protege contra a Covid-19, mas ajuda no diagnóstico, descartando casos de gripes pelos vírus que compõem a vacina e chamando a atenção dos profissionais de Saúde para investigar infecção pelo coronavírus. Ao imunizar contra a Influenza também reduz casos que podem evoluir para pneumonia, por exemplo, levando pessoas a internações e necessidade do uso de respiradores em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs).

A vacina usada protege contra as gripes A (H1N1 e H3N2) e B. É constituída por vírus inativos, fracionados e purificados. Não contém vírus vivos e não causa a doença.

Todas as informações sobre o novo coronavírus ou covid-19 podem ser acessadas no endereço covid-19.campinas.sp.gov.br/. Na ferramenta, as pessoas encontram todas as medidas do Comitê Municipal de Enfrentamento da Pandemia de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus e também podem tirar dúvidas e ter acesso à atualização dos dados da doença em Campinas.